Brasília, Terça-Feira, 07 de Dezembro de 2021

Poder e Saúde

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Página Inicial Amenidades Congresso Nacional terá iluminações especiais para apoiar três causas distintas

Congresso Nacional terá iluminações especiais para apoiar três causas distintas

E-mail Imprimir PDF

Congresso Nacional terá iluminações especiais para apoiar três causas distintas

Congresso Nacional terá iluminações especiais para apoiar três causas distintas.

Nos próximos dias, o Congresso Nacional receberá iluminação vermelha e azul em apoio a três causas importantes. No final de semana, sábado (30) e domingo (31), a iluminação vermelha será em alusão ao Mês Internacional de Conscientização da Dislexia. Na segunda-feira (1º), o vermelho permanecerá para apoiar o Mês Nacional de Conscientização da Síndrome da Quilomicronemia Familiar (SQF), doença genética rara. A partir de terça-feira (2) até domingo (7), estará iluminado de azul, em adesão à campanha Novembro Azul, de prevenção ao câncer de próstata.  

A iniciativa da iluminação vermelha, para conscientizar sobre a dislexia, é das senadoras Mara Gabrilli (PSDB-SP) e Leila Barros (Cidadania-DF), do senador Flávio Arns (Podemos-PR) e do deputado federal Diego Garcia (Pode-PR). A solicitação da iluminação vermelha, relacionada à conscientização da síndrome da quilomicronemia familiar, por sua vez, partiu dos senadores Romário (PL-RJ) e Flávio Arns (Podemos-PR) e da Federação das Associações de Doenças Raras do Norte, Nordeste e Centro-Oeste (FEDRANN). Já a iluminação em apoio ao Novembro Azul,  foi solicitada pelo senador Nelsinho Trad (PSD-MS) e pelo Ministério da Saúde. 

Dislexia

Conforme definição do Instituto ABCD, referência brasileira no assunto, a dislexia é um transtorno do neurodesenvolvimento que afeta habilidades básicas de leitura e linguagem. A pessoa apresenta uma dificuldade para processar os sons das palavras e associá-los com as letras ou sequência de letras que os representam.

Os sintomas da dislexia geralmente afetam o desempenho acadêmico de estudantes. O vermelho da campanha faz alusão à cor da tinta comumente utilizada para a identificação de erros na correção de atividades escolares. 

Síndrome da Quilomicronemia Familiar

De acordo com artigo publicado na Revista da Socesp - uma publicação da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo - trata-se de uma doença genética rara que compromete o metabolismo de triglicérides e acomete cerca de uma a duas pessoas por milhão de indivíduos. Os pacientes que sofrem dessa doença podem apresentar dores abdominais recorrentes, episódios de pancreatite, uma inflamação no pâncreas que pode levar à morte.

Estima-se que três a cinco mil pessoas vivam com a síndrome no mundo. Por ser rara, o conhecimento ainda é escasso e as pessoas com SQF têm dificuldade no diagnóstico, que muitas vezes é determinado muitos anos após o nascimento, quando já surgiram complicações em decorrência da doença.

Câncer de Próstata

No dia 17 de novembro é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. A data deu origem ao movimento Novembro Azul. O objetivo é chamar a atenção para a prevenção e a importância do diagnóstico precoce das doenças que atingem a população masculina.

— O Novembro Azul veio para intensificar as ações de cuidado com a saúde do homem. Na maioria das vezes, ele não vai ao médico por iniciativa própria. Em muitos casos, vai por insistência da esposa ou dos filhos. É preciso quebrar essa barreira e conscientizar o homem sobre o quanto é importante cuidar da saúde desde cedo, principalmente, em relação ao câncer de próstata, que é curável, desde que seja descoberto em fase inicial — destacou o senador Nelsinho Trad.

Fonte: Agência Senado