Brasília, Sexta-Feira, 22 de Junho de 2018

Poder e Saúde

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Home Comissões CSSF - Seminário sobre os 30 anos do SUS

CSSF - Seminário sobre os 30 anos do SUS

E-mail Imprimir PDF

Comissão de Seguridade realiza na quarta-feira seminário sobre os 30 anos do SUS.

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados realiza nesta manhã um seminário para debater os 30 anos do Sistema Único de Saúde (SUS).

O evento será dividido em duas discussões: “o SUS e o Ministério da Saúde nos últimos 20 anos”, que terá entre os debatedores o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, e ex-ministros da pasta; e “Futuro do SUS num cenário de crise”, que vai ouvir secretários municipais e estaduais de Saúde e representantes da sociedade civil.

O seminário foi solicitado pelo deputado Jorge Solla (PT-BA). Ele ressalta que, passados 30 anos de sua criação, o SUS ainda é considerado, “em praticamente todo o mundo, uma das propostas mais avançadas em termos de inclusão social e universalização da assistência à saúde”.

Entre as iniciativas do SUS, ele ressalta o Programa Nacional de Imunização (PNI), que garante à população acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). “Também é no SUS que ocorre o maior sistema público de transplantes de órgãos do mundo”, diz o deputado.

Investimentos em saúde
Jorge Solla destaca a necessidade de debater os rumos do SUS no atual contexto de crise econômica e de limitação de repasses para a saúde.

“Diante de um grave cenário de crise econômica, com a vigência da Emenda Constitucional 95, que congela os investimentos na Saúde por 20 anos, mais do que nunca é preciso manter o compromisso político com o SUS, para assegurar que os ganhos obtidos por meio de importantes políticas, como o programa Estratégia Saúde da Família e o programa Mais Médicos, não sejam perdidos e se tornem apenas uma memória saudosa do que passou”, afirma o parlamentar.

“O SUS é parte do processo de democratização no Brasil, defender seu legado e garantir sua continuidade e aprimoramento é tarefa deste Parlamento, especialmente dos membros da Comissão de Seguridade Social e Família”, conclui Jorge Solla.

O seminário está marcado para as 9h30, no plenário 2. Os interessados podem acompanhar o debate ao vivo por meio do portal e-Democracia.

Fonte: 'Agência Câmara Notícias'